Segunda, 09 Outubro 2017 16:21

Perdoem, professores, a nossa pátria mãe tão distraída

Avalie este item
(3 votos)

Por que será que é tão difícil entender que a educação é a única ponte que levará o Brasil a uma sólida prosperidade?

 

A pátria pode até estar distraída, mas o CPP atua bem atento.

 

Se o governo paulista teima em menosprezar o reajuste no salário dos professores, o CPP  insiste em pelejar na cobrança pelo seu legítimo direito.

 

O Centro do Professorado Paulista mantém, por várias gerações, o  seu compromisso em interceder pelos professores, ativos e aposentados, a fim de que seus direitos sejam garantidos e mais vitórias sejam conquistadas.

 

Ainda que a pátria  esteja moralmente subtraída, inconcebível é esquecer-se de que é por meio do  trabalho dos professores que seus filhos são impulsionados a  levantar-se como uma nação autenticamente republicana, eticamente sadia e democrática.

 

Na passagem do Dia dos Professores, o CPP - que é a casa do professor, como define o seu presidente, José Maria Cancelliero  - enaltece a bravura destes profissionais.    

 

Perdoem, professores, a distração deste Brasil.  Dia virá  em que o gigante acordará e engrandecerá quem o  conduz pela mão e o ensina a manter-se de pé.

 

CPP está de luto

O Centro do Professorado Paulista solidariza-se com todas as famílias dizimadas pela tragédia ocorrida na escola em Janaúba, Minas Gerais. Em especial, compadece-se pela perda da professora Heley de Abreu Silva Batista, que nos deixa com um inigualável exemplo de coragem e dedicação ao privar-se de sua vida para salvar os seus alunos.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.
Campo destinado a comentários relacionados à notícia. Duvidas sobre Vida Funcional devem ser encaminhadas aos respectivos setores.
Clique aqui para ver os contatos.