Quinta, 16 Maio 2019 11:05

Procuradoria auxilia professor que se sentir lesado pelo Bônus

Avalie este item
(0 votos)

Os professores que se sentirem lesados de alguma forma com o pagamento do Bônus realizado nesta terça-feira (23) pela Secretaria da Fazenda e Planejamento, em folha suplementar, podem entrar em contato com a Procuradoria. O setor responsável pela vida funcional dos associados estão à disposição para analisar holerites. Conforme noticiado mais cedo, alguns profissionais identificaram alta dedução de Imposto de Renda.


A Procuradoria presta atendimento pelo e-mail legislacao@cpp.org.br ou telefone (11) 3340-0500.


Posição contrária


A diretoria do Centro do Professorado Paulista vem desde 2008, quando o bônus foi implementado pelo então governador José Serra (PSDB), numa luta contínua contra esse método de bonificação. O percentual geralmente pago aos professores é muito abaixo do esperado. Neste ano, por exemplo, fica aquém do reajuste reivindicado, já que o quadro do magistério paulista não recebe aumento há 5 anos.
 

O CPP continuará na luta por reajuste digno e valorização do magistério.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.
Campo destinado a comentários relacionados à notícia. Duvidas sobre Vida Funcional devem ser encaminhadas aos respectivos setores.
Clique aqui para ver os contatos.