Quinta, 16 Agosto 2018 10:37

Museu da Imigração recebe exposição gratuita sobre o Japão

Avalie este item
(0 votos)

“Para frente, para trás” será inaugurada no dia 25; instituição promove, ainda, palestra gratuita sobre a viagem de navio dos japoneses ao Brasil
 

O ano de 2018 é muito especial para a comunidade japonesa, pois marca os 110 anos da chegada dos primeiros imigrantes vindos do Japão ao Brasil. Dando sequência às comemorações em referência a essa data tão importante, o Museu da Imigração – instituição da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo – receberá a exposição “Para frente, para trás”, com obras produzidas pela artista Camila Arruda, envolvendo as tradições e novos hábitos da cultura nipônica, a partir do dia 25 (sábado), às 11h.
 

A mostra temporária explora as perspectivas do passado e do futuro de um Japão que cresce e se desenvolve sobre raízes muito consolidadas. Apesar de se moverem para frente, principalmente na tecnologia, os japoneses cultivam e apoiam-se em seus valores milenares. Nessa dobra de tempo, as peças retratam a importância e a força de uma cultura onipresente.
 

As doze produções a serem apresentadas utilizam-se das práticas Sumi-ê, Origami, Ukiyo-e (xilogravura) e da pintura óleo, técnica principal executada pela artista, em busca do “caminho do meio” e do equilíbrio entre o fazer (corpo) e a espiritualidade (mente) e o contemporâneo e a tradição.
 

“A arte no Japão está muito enraizada na cultura e na espiritualidade. A ferramenta mais importante para a prática do Sumi-ê (pintura com tinta e pincéis de bambu sobre papel de arroz) é a alma do artista. O origami, apesar de ser mais rápido, requer paciência e atenção aos detalhes. Não seria diferente para o Ukiyo-e: ao retirar as lascas de madeira, não tem como reverter o processo”, explica Camila.
 

Palestra Gratuita

Integrando as atividades em homenagem aos 110 anos dessa imigração ao nosso país, a instituição promove, ainda, a palestra gratuita “Rumo ao Brasil a bordo da terceira classe: as experiências dos imigrantes japoneses”, ministrada pelo historiador especialista na área de estudos de migração, Sachio Negawa, no dia 1º de setembro, às 15h.
 

Realizada em parceria com a Fundação Japão, a atividade será uma oportunidade de compreender detalhes sobre como era a viagem de navio com destino às terras brasileiras, com o autor do livro Burajiru nikkey imin no kyoikushi (História da Educação de Imigrantes Japoneses no Brasil). O profissional, nascido no Japão, coordena, atualmente, o projeto “Pesquisa histórica da civilização vista através de navios da imigração como tempo e espaço transnacional”.
 

Os interessados em participar dessa ação devem se inscrever pelo e-mail m.souto@museudaimigracao.org.br.O Museu da Imigração fica na Rua Visconde de Parnaíba, 1.316, na Mooca, em São Paulo. Seu horário de funcionamento é de terça a sábado das 9h às 17h, e aos domingos entre 10h e 17h. Os ingressos para visitação custam R$ 10, estudantes e pessoas acima de 60 anos pagam meia-entrada. Aos sábados, a visitação é gratuita. Outras informações estão disponíveis no site

SERVIÇO 

Inauguração da Exposição “Para frente, para trás” Data: 25 de agosto (sábado)
Hora: 11h00
Entrada: Gratuita
Local: Museu da Imigração
Palestra “Rumo ao Brasil a bordo da terceira classe: as experiências dos imigrantes japoneses” Data: 1º de setembro (sábado)
Hora: 15h
Entrada: Gratuita
Local: Museu da Imigração
Inscrição: m.souto@museudaimigracao.org.br 

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.
Campo destinado a comentários relacionados à notícia. Duvidas sobre Vida Funcional devem ser encaminhadas aos respectivos setores.
Clique aqui para ver os contatos.