Quarta, 16 Março 2016 10:08

Fundação exibe Música Antiga em 19/3 - grátis

Avalie este item
(1 Voto)

Em 19 de março, a Fundação Ema Klabin ainda promove palestra, dois documentários sobre meio ambiente, visita mediada à casa-museu e uma feira de trocas. Tudo com entrada franca. O Conjunto de Música Antiga da USP se apresenta na Fundação Ema Klabin pelo Programa Tardes Musicais, no próximo sábado (19) a partir das 16h30.

Criado em 2001, o grupo reúne alunos e professores do Departamento de Música da Escola de Comunicações e Artes (ECA) da Universidade de São Paulo, além de profissionais convidados. Considerado pioneiro na apresentação de Música Antiga no âmbito das universidades brasileiras, o conjunto utiliza cópias de instrumentos dos séculos XVI ao XVIII, período em que se concentra seu repertório.
 

O concerto irá explorar uma viagem temporal pelo barroco. A seleção do repertório inclui: Corelli - Concerto Nº 4 em Ré Maior Op. 6;  A. Vivaldi - Concerto para cordas em Sol menor, RV 157; A. Corelli - Sonata No. 12 "Ciacona", Op. 2; G. Ph. Telemann - Suite-Ouverture "Burslesque de Quixotte". O grupo é formado por: Clara Sawada, Marcus Held, Lucas Biscaro, André Angenendt, Letizia Roa, (Violinos); Verônica Rosa (Viola); Diego Alves, Felipe Parisi (Cellos); Gilberto Chacur (Contrabaixo); Pedro Diniz (Cravo); José Calixto (Teorba).
 

Serviço
Data:  19 de março – sábado
16h30 -  Programa Tardes Musicais – Concerto Conjunto de Música Antiga da ECA – USP
14h: Documentários: “Pirajuçara: bacia do concreto” e “Entre Rios: A urbanização de São Paulo” e Feira de trocas – livre
14h às 15h30 – Visita mediadas à casa-museu
11h - Palestra “Urbanização e percepção do risco”, Samia Sulaiman
Entrada franca
Livre

Fundação Ema Klabin:  Rua Portugal, 43 - Jardim Europa - São Paulo.
Fones: 11 3897-3232.
Acesse o site.


Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.
Campo destinado a comentários relacionados à notícia. Duvidas sobre Vida Funcional devem ser encaminhadas aos respectivos setores.
Clique aqui para ver os contatos.