Segunda, 11 Abril 2016 14:07

20/4 'Música nos Hospitais’ chega ao Inst. do Câncer de SP

Avalie este item
(0 votos)

O programa ‘Música nos Hospitais’ leva ao Instituto do Câncer de São Paulo, pela décima quinta vez, a Orquestra do Limiar, conduzida pelo maestro Samir Rahme e formada por quinze instrumentistas. A apresentação, que ocorre em 20 de abril, às 13h, contribui para tornar o ambiente hospitalar mais alegre e acolhedor. A iniciativa sociocultural da Associação Paulista de Medicina é patrocinada pelo Grupo Sanofi por meio da Lei Rouanet, do Ministério da Cultura.

A temporada 2015/2016 tem se pautado pela temática “Saúde Mental: a Influência da Música no Equilíbrio das Emoções”. Na ocasião, o repertório da Orquestra do Limiar incluirá a execução de uma obra inédita de Beetholven Cunha, “Carta Goianense nº 2”, além de clássicos de Vivaldi e Mozart, canções consagradas dos Beatles e tangos de Astor Piazzola.

A programação, que é itinerante e gratuita, percorrerá diversas unidades de atendimento da rede pública dos Estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Paraná, levando os benefícios da música aos pacientes, funcionários e frequentadores. Após o término de cada apresentação no salão principal, os músicos se dividem em três ou quatro grupos e se deslocam para corredores para levar alegria, por meio da música, aos pacientes internados.

Desde 2004, mais de 50 mil pessoas aplaudiram os concertos realizados em 63 hospitais da capital paulista, interior e de outras regiões do Brasil.

 

Orquestra do Limiar

Regência: Samir Wady Rahme

Spalla: Marcos Scheffel

Violino I: Kleberson Buzo, Anderson Cardoso, Luiz Gustavo Nascimento e Karina Petry

Violino II: Wassi Carneiro, Gabriela Fogo, Luiz Carlos Barrionuevo e Jair Guarnieri

Viola: Everton Souza e Guilherme Bomfim

Violoncelo: Leandro Tenorio e Deni Feijó

Contrabaixo: Thiago Hessel

Regência: Samir Wady Rahme

Algumas músicas do programa

Música nos Hospitais – Temporada 2015/2016 

Vivaldi (1648-1741)

Presto do Verão das 4 Estações / Solista: Gabriela Fogo

 

W.A. Mozart (1756-1791)

Sinfonia nº 25- Allegro com Brio

 

J.Brahms (1833-1897)

Dança Hungara nº 5

 

Piazzola (1921-1992)

Libertango

 

Edmundo Villani-Cortês (1930)

Os Escravos de Jó

Beetholven Cunha (1978)

Carta Goianense nº 2 (estreia mundial)
 

Sobre a Associação Paulista de Medicina

Fundada em 1930, a APM é uma entidade representativa dos médicos do Estado de São Paulo. Sem fins lucrativos, de utilidade pública e com cerca de 30 mil associados, tem o objetivo de identificar e enfrentar os grandes desafios da medicina na atualidade. Além do Música nos Hospitais, a APM apoia diversos programas culturais abertos ao público e gratuitos. São exposições de arte, palestra sobre história da arte, programas musicais que vão do erudito ao jazz, cinema com debates e para a terceira idade. Realizou as exposições itinerantes “Além da Pele, A Beleza da Alma e da Família” e “Hiroshima e Nagasaki: Um Agosto para Nunca Esquecer!”.Oferece, ainda, encontros de lazer e cultura, escola de artes, biblioteca, pinacoteca e Museu de História da Medicina.
 

Sobre a Sanofi

Presente no Brasil há mais de 50 anos, a subsidiária é uma das maiores filiais do Grupo Sanofi e uma das mais importantes operações nos chamados mercados emergentes. A Sanofi Brasil mantém uma ampla agenda de programas sociais e institucionais, com investimentos anuais da ordem de R$ 8 milhões, apoiando cerca de 20 programas de longo prazo. Essas iniciativas têm foco na prevenção, educação e humanização dos tratamentos. Para saber mais, visite o site.

 

SERVIÇO 

Música nos Hospitais – Orquestra do Limiar

Data: 20 de abril de 2016 (quarta-feira)

Horário: 13h

Local: Instituto do Câncer do Estado de São Paulo – Octavio Frias de Oliveira

Endereço: Av. Doutor Arnaldo, 251 – Cerqueira César – São Paulo

Recepção Principal

Ingresso: gratuito

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.
Campo destinado a comentários relacionados à notícia. Duvidas sobre Vida Funcional devem ser encaminhadas aos respectivos setores.
Clique aqui para ver os contatos.