Quinta, 13 Fevereiro 2014 16:54

CPP entrevista caricaturista de mostra sobre a seleção

Avalie este item
(0 votos)

Ciente da importância  do futebol como agente de estímulo à criatividade, disciplina e sociabilidade da criança, a Secom – Secretaria de Comunicação do Centro do Professorado Paulista – se propôs a apresentar aos educadores uma série de matérias a serem usadas como material de apoio, em sala de aula, a fim de que possam estimular os alunos a explorarem o assunto em suas disciplinas curriculares.

O primeiro a ser veiculado foi o Museu do Futebol, no estádio do Pacaembu, em São Paulo. Na sequência, a Secom apresenta a Seleção Brasileira de Todos os Tempos, exposição que  recebe da mídia especial atenção por sua criatividade. Organizada pelo Sesc Carmo, a mostra reúne obras do artista Dodô Vieira, que caricaturou jogadores de diferentes gerações do futebol brasileiro que tiveram participações em Copas do Mundo.

 

A proposta de Ubiratan Nunes Rezende, historiador e técnico do Sesc Carmo é que o visitante  vote em seu atleta preferido para compor a Seleção Brasileira de Todos os Tempos a partir das  caricaturas de  Dodô. Após sair o resultado, os titulares dessa seleção serão conhecidos do público e expostos no Sesc Carmo. 

 

Importante lembrar que o nome de Pelé não está disponível para votação, por sua atuação na seleção brasileira em 1958, 1962, 1966 e 1970. Pelé  é Hors Concours - homenageado por Dodô Vieira com uma caricatura singular.

 

A Secom esteve na exposição, registrou o grande sucesso e ouviu o público: "interessante ver os jogadores das Copas de antigamente, declarou Rafaela Santos, de Porto Velho. Simone, amiga de Rafaela, também de Rondônia, acha que o futebol de décadas atrás era melhor: ”o pessoal se inspirava mais”.

Andreia, do Ceará, acredita que a Copa é um assunto mais criticado do que elogiado”, quando o povo fala é para apontar defeitos. Acho legal mostrar antigas gerações”. 

Em nome do Centro do Professorado Paulista, a Secom agradece a todos os entrevistados,  especialmente o caricaturista Dodô Vieira e Ubiratan Nunes Rezende, historiador e técnico do Sesc Carmo pela gentileza e atenção. Tendo em vista a riqueza do material disponibilizado pelos organizadores do evento, publicaremos a matéria em duas partes. Abaixo, segue a primeira. 


Conheça melhor o caricaturista Dodô Vieira

 

Como você começou sua carreira?

Comecei a desenhar aos 5 anos. Desenhava super-heróis, Homem-Aranha, Superman, etc. Passei a me interessar por caricaturas aos 11 anos de idade, por causa das revistas e jornais que meu pai e meu irmão mais velho liam. Os primeiros trabalhos que fiz quase sempre eram jogadores de futebol. Com o tempo, fui pegando gosto pela coisa, fui percebendo que meu traço se adequava melhor a desenhos de humor, então deixei de lado os super-heróis e me dediquei a fundo nas caricaturas. Iniciei profissionalmente em 2003, aos 21 anos, fazendo caricaturas em festas num buffet infantil.  Depois trabalhei na Feirinha Hippie de Santos, jornais sindicais da baixada, comecei a divulgar na internet também e hoje estou nessa vida.

 

Quem são os seus ídolos - desenhistas e caricaturistas?

Meus ídolos são muitos. Angeli, Laerte, Baptistão, John Buscema, Quino, Milo Manara...


Como você enxergou a proposta de fazer caricaturas dos jogadores de futebol?



Com naturalidade e empolgação. Quando comecei a fazer caricaturas, em 1993, quase sempre eram jogadores de futebol, já estou acostumado. Já trabalhei desenhando ao vivo em programas de mesa redonda na TV. Desenhar jogadores antigos é algo que gosto, sou do tipo que lembra a escalação dos times, estatísticas, etc. Hoje em dia, quando faço celebridades, costumo desenhar mais caricaturas de roqueiros, músicos, porque o futebol atual, tão comercializado, não me desperta tanto interesse e paixão.



Cada uma é uma obra de arte. Quanto tempo você demorou para criar?


Fiz as caricaturas com lápis de cor e lápis 2B, técnicas demoradas. O ideal seria ter um ou dois dias pra fazer cada caricatura. Mas meu prazo para entregar os trabalhos foi curtissímo. Fiz 41 obras em pouco mais de 20 dias, praticamente dois desenhos por dia. Teria sido menos trabalhoso se eu pintasse os desenhos digitalmente, no computador, mas ando numa fase em que estou meio de saco cheio de photoshop, quis fazer tudo a mão livre mesmo.

 

Para você, qual é a seleção brasileira de todos os tempos, em quem você votaria? 


Gylmar, Carlos Alberto, Mauro, Domingos da Guia e Nilton Santos; Falcão, Zico e Pelé; Garrincha, Romário e Ronaldo.

Serviço:

Exposição Seleção Brasileira de Todos os Tempos no Mercado Municipal de São Paulo


Organização: Sesc Carmo
Local: Mezanino – Mercado Municipal Paulistano
Endereço: Rua da Cantareira, 306 – Centro – São Paulo
Horários: Segunda a domingo, das 10h às 16h, até 28 de fevereiro de 2014
Telefone: (11) 3111-7000
Ingressos: Grátis.

Clique aqui e veja o álbum de fotos

 SECOM/CPP

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.
Campo destinado a comentários relacionados à notícia. Duvidas sobre Vida Funcional devem ser encaminhadas aos respectivos setores.
Clique aqui para ver os contatos.