Quarta, 11 Julho 2018 11:48

Prêmio de Literatura Infantil registra mais de 3 mil inscrições

Avalie este item
(0 votos)

Quinta edição do Prêmio Espantaxim recebeu redações, mensagens e poesias escritas por crianças de 14 Estados; resultados serão divulgados em novembro

 

O V Concurso Nacional Literário Infantil Espantaxim e o Castelinho Mágico, mais conhecido como “Prêmio Espantaxim”, divulga o resultado de participações referentes à edição de 2018. Ao todo, foram enviados à organização do Prêmio 3.393 textos escritos por crianças de 7 a 12 anos, sobre o tema: “Futuro – Visão para um Mundo Melhor”.

 

Os “pequenos escritores” participantes do Prêmio Espantaxim 2018 são estudantes de 96 escolas, distribuídas em 48 cidades de 14 Estados: São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Bahia, Sergipe, Pernambuco, Pará, Paraíba, Rondônia, Mato Grosso, Goiás, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Para participar, as crianças precisaram escrever seus textos à mão, em três formatos: redação, poesia ou mensagem.

 

Nas composições, as crianças foram convidadas a imaginar o futuro: se entrassem em uma máquina do tempo e chegassem a 2050, que mundo encontrariam? Essa foi a inspiração proposta pela quinta edição do Prêmio, organizado pela autora e escritora Dulce Auriemo.

 

Dos mais de 3 mil trabalhos recebidos, 12 serão selecionados como vencedores, representando todas as faixas etárias participantes do concurso. Seus autores receberão o Troféu Espantaxim e terão os trabalhos publicados na V Antologia Espantaxim e o Castelinho Mágico. Outros textos também serão incluídos na publicação e seus autores serão igualmente considerados premiados.

 

Os resultados finais do V Prêmio Espantaxim serão anunciados em novembro e o evento de premiação ocorrerá em 2019, em data ainda a ser definida. 

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.
Campo destinado a comentários relacionados à notícia. Duvidas sobre Vida Funcional devem ser encaminhadas aos respectivos setores.
Clique aqui para ver os contatos.