Quarta, 14 Agosto 2019 15:00

Brasil registra, pela 3ª vez, protestos em favor da educação

Avalie este item
(2 votos)
Brasil registra, pela 3ª vez, protestos em favor da educação Foto: vista aérea da Paulista/reprodução-UNE

Liderados majoritariamente por estudantes, atos reuniram milhares de pessoas em ao menos 204 cidades

 

Movimentos estudantis, entidades de classe e sindicatos realizaram protestos em favor da educação em diversas cidades do país nesta terça-feira (13). De acordo com a União Nacional dos Estudantes (UNE), atos ocorreram em 204 municípios brasileiros, tanto na rua quanto em universidades e praças públicas, reunindo cerca de 900 mil pessoas. Foi a terceira vez que o Brasil registrou protestos pela educação neste ano — o maior deles foi em 15 de maio.

O alvo principal dos manifestantes foi a política de cortes estabelecida pelo Ministério da Educação (MEC) do governo Jair Bolsonaro. Desde abril, a pasta tem anunciado contingenciamento em verbas destinadas à educação. O mais recente recaiu sobre livros didáticos, com bloqueio de R$ 348 milhões em obras da educação básica. O projeto "Future-se", divulgado pelo ministro Abraham Weintraub, também foi criticado. A iniciativa estimula captação de verba privada por universidades federais, o que, na avaliação de manifestantes, sugere privatização. Cartazes fizeram trocadilho: "Fature-se".

A reforma da Previdência aprovada pela Câmara dos Deputados não foi poupada, especialmente por professores. Isso porque a proposta, agora em tramitação no Senado Federal, acaba com a aposentadoria especial da categoria. Diversos cartazes apontavam para a mudança negativa em relação à valorização do professor.

As cidades que mais reuniram manifestantes foram Rio de Janeiro e São Paulo. Nesta, a concentração do ato começou às 15h, no vão livre do Masp, na Av. Paulista. Aproximadamente dois quarteirões foram ocupados por volta de 17h30. A manifestação encheu com a chegada de estudantes secundaristas no início da noite. O grupo seguiu em caminhada até a Praça da República, onde fica a Secretaria da Educação do Estado. O ato foi encerrado às 21h.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.
Campo destinado a comentários relacionados à notícia. Duvidas sobre Vida Funcional devem ser encaminhadas aos respectivos setores.
Clique aqui para ver os contatos.