Quarta, 04 Setembro 2019 09:37

PL inclui no currículo escolar teor de combate à violência contra mulher

Avalie este item
(0 votos)

Estudantes das escolas públicas brasileiras podem ser educados a combater a violência contra a mulher.
 

É o que quer o Projeto de Lei 598/19, do Senado Federal, que inclui conteúdo sobre a prevenção ao ato nos currículos da educação básica.
 

A lei atual prevê a inclusão de conteúdos relativos aos direitos humanos e à prevenção de todas as formas de violência contra crianças e adolescentes de forma transversal nos currículos escolares, mas não cita as mulheres.
 

Para o autor da proposta, senador Plínio Valério (PSDB-AM), a lei precisa ser alterada, pois é “urgente uma inflexão no padrão cultural brasileiro, que, se não é permissivo, não tem sido impeditivo à manifestação das formas arraigadas de violência, especialmente contra as mulheres”. 
 

Em abril, a Câmara aprovou projeto que prevê indenização a vítimas de violência doméstica. O mesmo, porém, ainda não foi apreciado no Senado. 
 

Fonte: Último Segundo - iG 

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.
Campo destinado a comentários relacionados à notícia. Duvidas sobre Vida Funcional devem ser encaminhadas aos respectivos setores.
Clique aqui para ver os contatos.