Terça, 19 Novembro 2019 11:31

Seleção de docentes da rede estadual SP para estágio no Japão

Avalie este item
(0 votos)

Inscrições ficam abertas até dia 04 de dezembro, prova acontecerá na EFAPE

A província de Toyoma, no Japão, está oferecendo um programa de intercâmbio profissional para professores da rede estadual pública de São Paulo.  Todos os professores efetivos da Secretaria de Estado da Educação de qualquer disciplina podem participar do processo de seleção.

O processo está aberto até o dia 04 de dezembro. Os interessados deverão preencher o link abaixo e responder o formulário de pré-seleção.

Link para o formulário

A seleção é feita por etapas. Para participar é preciso ter, no mínimo, Nível 3 de Proficiência em Língua Japonesa – Nihongo Noryoku Shiken. Depois de preencher os dados, a última fase constituirá em uma entrevista realizada na Escola de Formação e Aperfeiçoamento dos Profissionais da Educação – EFAPE, em São Paulo, com data prevista para a primeira quinzena de dezembro de 2019, na qual será avaliada, entre outros elementos, a proficiência na Língua Japonesa.

A província de Toyoma mantém parceria com a Secretaria da Educação desde 2009. Além do concurso de desenho, cuja premiação aconteceu há poucos meses, o programa de estágio pretende ampliar experiências e fortalecer laços culturais, uma vez que vários brasileiros vivem na região.

O estagiário prestará assistência aos professores japoneses na condução de aulas para crianças de origem estrangeira, possibilitando uma reflexão sobre questões e soluções para a (re)adaptação de crianças repatriadas do Japão para o Brasil. O grande objetivo é contribuir não só para o desenvolvimento tecnológico e econômico dos países parceiros, como também incrementar as relações internacionais por meio do convívio entre o estagiário e a população local, na troca de experiências e práticas pedagógicas.

Leia o edital completo

O intercâmbio acontecerá entre os meses de maio e novembro de 2020. Todas as despesas serão cobertas pelo governo de Toyama – passagens de ida e volta, estadia, além das despesas de transporte para o cumprimento do Programa em território japonês. Apenas as despesas com passaporte, visto e demais taxas ficarão a cargo do candidato aprovado.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.
Campo destinado a comentários relacionados à notícia. Duvidas sobre Vida Funcional devem ser encaminhadas aos respectivos setores.
Clique aqui para ver os contatos.