Sexta, 26 Março 2021 10:00

Passam a boiada no MEC enquanto crianças não aprendem a ler

Avalie este item
(0 votos)

Cerca de 70% das crianças podem deixar de aprender a ler, um dano irreparável para a vida desses cidadãos e para a produtividade da nação


Triste notícia. Estão passando a boiada no Ministério da Educação (MEC). Enquanto a pandemia só piora no Brasil, milhares morrem a cada dia, ninguém por lá se preocupa com o futuro de uma geração sem escola há um ano. Pelo contrário, gasta-se energia e dinheiro para introduzir mudanças inimagináveis e que seguem uma única lógica: agradar à militância ideológica de Jair Bolsonaro.

Numa semana em que o Banco Mundial chamou de "tragédia" o que acontece no Brasil e em outros países latinos pelas escolas fechadas, o MEC acha que a solução vem do homeschooling. Cerca de 70% das crianças podem deixar de aprender a ler, um dano irreparável para a vida desses cidadãos e para a produtividade de uma nação. Mas o pastor Milton Ribeiro, ministro da Educação, desvaloriza a escola. E diz por aí - acredite se quiser - que a pandemia justamente mostrou como as crianças aprendem bem em casa. Não há planos para equipar as redes com estrutura e tecnologia, formar os professores, desenvolver estratégias para recuperar a aprendizagem perdida em um ano de pandemia. Nem para buscar os alunos que se evadiram.


Fonte: O Estado de São Paulo

Lido 215 vezes

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.
Campo destinado a comentários relacionados à notícia. Duvidas sobre Vida Funcional devem ser encaminhadas aos respectivos setores.
Clique aqui para ver os contatos.