Segunda, 09 Setembro 2013 16:17

Surdez na infância causa atraso escolar

Avalie este item
(0 votos)

A surdez na infância, que é o déficit dos sentidos humanos mais frequente, causa problemas na aprendizagem e no desenvolvimento da fala. E por muitas vezes o problema ser descoberto tardiamente, a eficácia de tratamentos médicos pode ter pouco ou nenhum efeito.

Segundo especialistas, nem sempre os pais percebem que o filho está perdendo a audição por já terem descartado o problema na triagem feita logo no nascimento da criança, com o teste da orelhinha.

A Otite de repetição, comum em crianças até os seis ou sete anos, são inflamações recorrentes nos ouvidos, que acontecem quatro ou mais vezes no ano.

O problema é que, após o fim dos sintomas, pode restar alguma secreção nos tímpanos. Por isso os especialistas pedem para dar continuidade ao acompanhamento médico.

Cuidados

. Quando nasce, toda criança faz o teste da orelhinha (uma triagem em relação à perda de audição) na maternidade

. Essa triagem é capaz de identificar a perda de audição que poderia ocorrer no nascimento

. Se seu filho está em idade pré-escolar (4 aos 6 anos), leve-o a um otorrinolaringologista. Ele pode identificar problemas que causariam atraso escolar

. Muitas escolas já pedem exames de audição e oftalmológico

Sinais de  alerta

. Desatenção

. Atraso no aprendizado e no desenvolvimento da linguagem

. Se a criança troca as letras

. Não tem vontade de participar das aulas

. Tem dificuldade de adquirir vocabulário e desenvolver a linguagem, quando começam a escrever

Fonte: Agora S.Paulo

1 Comentário

  • Link do comentário janaina lima Quarta, 01 Outubro 2014 18:44 postado por janaina lima

    Não é a SURDEZ que causa ATRASO ESCOLAR, é a ESCOLA que é DESPREPARADA para atender com qualidade O SURDO.
    Faltam escolas bilíngues, salas bilíngues, professores capacitados, professores surdos, instrutores de LIBRAS, interpretes, falta a LIBRAS como parte do currículo de todas as escolas "ouvintes".
    As aprendizagens acontecem por meio das relações dialógicas, não e relações dialógicas sem comunicação eficiente, para ter comunicação eficiente é preciso, pelo menos, dominar o código de linguagem (que em nosso país é a LIBRAS)... .

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.
Campo destinado a comentários relacionados à notícia. Duvidas sobre Vida Funcional devem ser encaminhadas aos respectivos setores.
Clique aqui para ver os contatos.