Sexta, 26 Julho 2013 17:57

Prefeitura vai mudar a grade curricular no ano que vem

Avalie este item
(0 votos)

O prefeito Fernando Haddad disse ontem que a Prefeitura vai iniciar, em 15 dias, um processo de reforma das diretrizes de ensino nas escolas municipais. A reforma passa a valer no início do ano letivo de 2014.

"Nós vamos colocar em consulta pública um conjunto de ideais para discutir com pais, estudantes, professores e funcionários. Vamos fazer uma ampla discussão no mês de agosto, para depois consolidar em um documento que já vai valer para o ano que vem", anunciou Haddad. O petista se mostrou insatisfeito com o desempenho das escolas paulistanas em comparação com outras instituições da região metropolitana.

"São Paulo está em uma situação complexa em relação ao ensino. Na região metropolitana, de 39 municípios, nós estamos em 35o lugar. Então não é razoável que nós não façamos um esforço para mudar esta realidade", afirmou o prefeito, referindo-se ao desempenho da cidade do Ided (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica). Segundo o secretário municipal de Educação César Callegari, serão discutidos a reorganização do currículo, a formação dos professores, organização do regimento escolar e o sistema de avaliação e acompanhamento dos estudantes.

 

Fonte: Diário de S.Paulo

SECOM/CPP

3 comentários

  • Link do comentário Carlos R M Cardoso Sábado, 27 Julho 2013 14:36 postado por Carlos R M Cardoso

    Pior apresentam medidas retrógradas como solução, é a negação total do pensamento libertário que tanto Paulo Freire pregou, só faltará a fogueira para queimar os livros do Paulo Freire e de seus companheiros de Educação!!!

  • Link do comentário Nilton Sábado, 27 Julho 2013 09:24 postado por Nilton

    Só falam em mudanças , aumento de sálario eles não falam.

  • Link do comentário Dirley Adriano de Souza Sábado, 27 Julho 2013 06:13 postado por Dirley Adriano de Souza

    Só não se discute o cumprimento da jornada da Lei do Piso Nacional, a diminuição de alunos por classe/sala, a violência escolar e o salário dos professores. Quer dizer melhores condições de trabalho fica pra depois. Para os nossos governantes o importante é melhora em índices institucionais e nada mais.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.
Campo destinado a comentários relacionados à notícia. Duvidas sobre Vida Funcional devem ser encaminhadas aos respectivos setores.
Clique aqui para ver os contatos.