Terça, 28 Abril 2020 13:35

Osasco e Cotia obrigam população a usar máscara na rua

Avalie este item
(0 votos)

Motorista de ônibus e de veículo por aplicativo pode recusar passageiro que não estiver usando adereço; em Osasco, supermercados terão que medir temperatura de clientes

As cidades de Osasco e Cotia, ambas na Grande São Paulo, publicaram decretos obrigando a população a usar máscaras de pano de proteção nas ruas, para prevenir o contágio pela Covid-19. O governo do estado já emitiu a recomendação para que toda a população do estado de São Paulo, independente do município, use máscaras ao sair às ruas. Em Osasco, o prefeito, Rogério Lins, publicou no Diário Oficial do município a medida nesta terça-feira (28). Na cidade, conforme o texto, a máscara "passa a ser obrigatória para embarque em todos os serviços de transporte público ou privado", como ônibus, Metrô e táxi.

Caso o passageiro não esteja usando a máscara, o motorista pode recusar o embarque dele a partir de quarta-feira (29). Os supermercados também terão que medir a temperatura dos clientes na entrada, proibindo a permanência de quem tiver temperatura corporal superior a 37,8º.

Cotia

Em Cotia, a obrigação de usar máscaras caseiras, de tecido, valerá a partir de 1º de maio em todos os ambientes compartilhados, públicos e privados. O decreto foi assinado pelo prefeito, Rogério Franco, e obriga o uso das máscaras de proteção em locais de trabalho e no transporte coletivo do município.

A cidade também está fazendo a aquisição de milhares de máscaras para começar a distribuir para a população. Enquanto isso, outras milhares de máscaras de tecido, que foram confeccionadas por um grupo de voluntários, começam a ser distribuídas. De acordo com o decreto do Cotia, o desrespeito à determinação estará sujeito à fiscalização da Guarda Civil Municipal e da Secretaria de Indústria e Comércio. 


Fonte: G1

Lido 1007 vezes

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.
Campo destinado a comentários relacionados à notícia. Duvidas sobre Vida Funcional devem ser encaminhadas aos respectivos setores.
Clique aqui para ver os contatos.